Operação logística: saiba como otimizar na sua empresa!

5 PRÁTICAS PARA OTIMIZAR A OPERAÇÃO DE LOGÍSTICA DA SUA EMPRESA

8 minutos para ler

Uma operação logística demanda a aplicação de variados meios, como dinheiro, mão de obra e tempo. Ao administrar essa operação, é viável diminuir os custos e aumentar a lucratividade da empresa. Simultaneamente, consegue-se minimizar os desperdícios de combustíveis e diminuir os gastos relativos à retenção de mercadorias.

Essa ainda é uma conjuntura conveniente para aperfeiçoar a execução empresarial e preservar a subsistência da instituição no mercado por meio da ampliação da vantagem competitiva.

Continue a leitura e saiba quais práticas ajudam a otimizar a gestão na operação de logística!

Quais os benefícios para o crescimento da organização?

Métodos constantes, independentemente de episódios negativos, e a custos mais envolventes: esses, com certeza, são benefícios que todo responsável pela logística pretende perceber na área. Entenda!

Controle absoluto dos processos

Automatizar trâmites logísticos é assegurar integralmente a organização em todas as esferas. Por meio da tecnologia automatizada, a empresa ganha o apoio frequente no monitoramento de cada fase da cadeia logística, podendo mapear todos os processos envolvidos.

Redução dos custos

Essa pode ser a situação mais valorizada pelas instituições no momento de pesquisar possibilidades para potencializar a logística. Especificadamente, uma ramificação das organizações em que se centraliza grande parte dos custos, alguma redução das despesas logísticas é sempre bem-vinda.

Alta integração e centralização de informações

A utilização de plataformas automatizadas de gestão e muitos outros softwares que operam de modo integrado ajuda os responsáveis pelo setor, e também seus colaboradores, a terem uma noção abrangente do que acontece.

Otimização na gestão de riscos

A administração de perigo na logística é tema de ordem no cotidiano de qualquer gestor — você bem conhece isso, certo? Entretanto, com automação logística, boa parte da ameaça envolvida nas variadas maneiras e etapas é eliminada.

Qual a importância da boa logística para a organização?

Transporte, distribuição, estoque, armazenamento e verificação de pedidos em um regime de implementação, planejamento e controle devem procurar resultados eficientes entre as operações logísticas. Eles representam estágios importantes que devem ser bem desenvolvidos.

No mercado econômico, encontram-se alternâncias que inquietam os acionistas, que necessitam ter cada vez mais ponderação perante o sistema logístico de seus serviços e produtos. Dessa forma, é de responsabilidade da logística aplicar diversas maneiras estratégicas para seguir no mercado.

Quais são as dicas de boas práticas para a operação de logística?

Essas dicas aumentam a competitividade organizacional e asseguram que o negócio se destaque perante a concorrência. Além do mais, prosperam na satisfação dos clientes, pois os sistemas são desempenhados com mais competência. Verifique, a seguir, quais são elas.

1. Invista no relacionamento

Sua organização deve ter um ótimo relacionamento com seus clientes, pois são eles que preservarão a aplicação das atividades. Saiba que um lapso no procedimento desses parceiros corresponde a um erro nas metodologias que sua instituição executa.

2. Mantenha o alinhamento com aplicativos

O melhor é alinhar e integrar as informações com os consumidores para que os impasses nas entregas sejam identificados e consigam ser solucionados rapidamente. Os sistemas automatizados podem ser incorporados aos dos parceiros para minimizar as chances de erros e otimizar o processo.

3. Faça a gestão do estoque

Um programa de gestão de estoque precisamente administrado possibilita o controle dos custos pela organização. Os principais benefícios dessa ação são: a empresa pode cumprir toda a demanda e, quando faz aquisição em escala e de modo planejado, obtém descontos.

4. Mapeie os processos

O objetivo é analisar como as práticas são feitas para reconhecer a eficácia das formas de trabalho e a possível conveniência de melhorias. Quando falhas, desperdícios ou etapas que não somam valores forem identificados, você deve reparar os erros praticados e aplicar avanços.

5. Prepare a equipe

Os colaboradores têm a necessidade de ser engajados e sentir-se motivados a fim de que as etapas sejam executadas da forma correta. Esteja vigilante à equipe e faça um ótimo processo de seleção e treinamento, procurando inovação e capacitação a todo momento.

O que é operação logística?

A operação logística é parte essencial da cadeia de suprimentos e se refere ao processo de movimentação dos produtos acabados, desde o fabricante até o usuário final. Todo o processo de logística de entrada e saída consiste no gerenciamento de estoque de comércio eletrônico e no atendimento e envio de pedidos.

Gerenciamento de estoque, armazenamento e atendimento de pedidos, todos desempenham um papel fundamental na otimização da logística em geral.

Como as operações logísticas funcionam?

As operações logísticas são o planejamento, a implantação e o controle, de forma eficiente, do fluxo físico na cadeia de suprimentos; bem como todos os serviços e informações a ela relacionados, desde a origem até o momento de consumo e para suprir as necessidades do cliente.

Nelas, é possível desenhar os processos de uma ou várias fases da sua cadeia de abastecimento — abastecimento, transporte, armazenamento e distribuição e, mesmo, determinadas atividades do processo de produção. Além disso, organiza, gerencia e controla operações que utilizam infraestruturas físicas, tecnologias e sistemas de informação próprios ou de terceiros.

Como analisar o desempenho da operação logística?

Algumas das formas de analisar o desempenho da operação logística estão a seguir.

Identifique de forma clara cada processo e ligações da cadeia de abastecimento

Hoje em dia, os indicadores de efetividade dos processos precisam ser exaustivos para o alcance da otimização contínua e para uma coordenação mais assertiva e monitoramento das diferentes atividades.

Descreva a meta de cada indicador e todas as variáveis relacionadas em seu cálculo

Defina a razão e a finalidade de cada indicador. Volatilidade financeira, frequente mudança da demanda, insegurança, infraestrutura, mão de obra e outras consideradas necessárias por cada empresa, são algumas das variáveis ​​a serem consideradas.

Reúna a maior quantidade possível de dados para cada processo

Quando obtemos dados, em tempo real, de pontos de contato diferentes, alcançamos maior visibilidade, o que nos permite testar vários cenários, prever eventos diferentes e especificar medidas de prevenção.

Quantifique e meça as variáveis ​​de todos os indicadores

Por meio de seu volume de operações e sua complexidade, é possível mensurar a importância ou o efeito de cada atividade na operação logística. Por exemplo, para a função de compras, quanto maior a quantidade de produtos, ordens de compra, fornecedores etc., maior a complexidade dos recursos — tempo, equipe, capital e tecnologia — que serão necessários para planejar, executar e controlar.

Em termos de armazenamento, a importância pode ser ditada pelas políticas de gestão de estoque, a quantidade de pedidos, as unidades de armazém etc. Para o transporte, a relevância pode ser definida pela origem e destino e o montante de remessas realizadas, entre outros.

Quais os desafios da operação logística?

A operação logística enfrenta alguns desafios. Veja!

Custos de combustível

Um dos custos mais altos, que contribuem para a preocupação com o corte, são os preços dos combustíveis. Os valores cada dia mais altos provavelmente aumentarão os gastos com transporte.

Melhoria do processo de negócios

Apesar da necessidade de novas tecnologias, tornou-se um desafio cada vez maior para o setor de logística acompanhar os novos avanços nos processos de negócios. Tirar proveito dessas oportunidades parece atraente, mas a adoção e a integração podem ser mais complexas.

Oferta de serviços segmentados e personalizados

Logística hoje não é apenas a entrega dentro do prazo acordado, mas oferecer serviços mais especializados. As operações logísticas estão se transformando em segmentos menores na cadeia de suprimentos. Portanto, é necessário oferecer serviços específicos, bem como ofertas de preços de pacote para o gerenciamento geral de frete, por exemplo.

Por fim, investir em operação logística é mais do que uma demanda estratégica, é indispensável para o mercado atual. Então não vacile em automatizar e veja o seu negócio ainda mais competitivo.

Nosso post foi útil para você? Deseja estar sempre bem informado sobre o assunto? Então, siga nossas páginas no Facebook, Twitter, Google e LinkedIn e acompanhe nossas atualizações!

Posts relacionados

Deixe um comentário