O que é logística reversa na empresa? Entenda como funciona!

Entenda melhor o que é logística reversa e como aplicar na empresa

4 minutos para ler

Atualmente, diversas empresas têm adotado ações sustentáveis em seus processos, devido ao aumento do aquecimento global. Em algumas situações, isso ocasiona no controle de recursos e também em uma ótima imagem diante de seus clientes, como é a situação da logística reversa. Ela é uma opção sustentável e já é utilizada por várias organizações, o que vem trazendo ótimos resultados para os negócios.

Mas você sabe o que é logística reversa? Esse é o nome que se dá a uma união de processos utilizados para fazer o recolhimento ou dar o destino adequado a uma mercadoria depois da venda ou do consumo. Para entender melhor como funciona, confira este post e tire suas dúvidas!

Como funciona a logística reversa?

Ela se estabelece como uma modalidade inversa da tradicional, ou seja, avalia todos os elementos logísticos, não finalizando seus processos no momento em que o produto chega ao local de venda. Resumindo: é o fluxo reverso pelo qual o produto passa, envolvendo também a coleta de resíduos que são recicláveis para produzir embalagens novas de produtos.

Dessa forma, para que haja eficiência nessa modalidade de logística, é primordial a participação de toda a sociedade. Portanto, o objetivo da logística reversa é diminuir o desperdício de matéria-prima e viabilizar a reutilização e a reciclagem dos produtos.

Assim, há o surgimento de campanhas realizadas pelos fabricantes com o intuito de que os consumidores façam o descarte da forma correta ou enviem à reciclagem suas baterias ou aparelhos celulares, por exemplo. Eles fazem a implantação de postos de coleta em locais estratégicos, como supermercados e lojas de eletrônicos.

Um ótimo exemplo, também, é uma fabricante de pneus que recebe os produtos depois de utilizados para transformá-los em outros pneus ou enviá-los para cooperativas que fazem itens que utilizam o mesmo material.

Quais os seus impactos positivos?

Aumento da sustentabilidade

Uma vez que o mundo está passando por sérios problemas ambientais e toda ajuda é válida, com a logística reversa, são reduzidos os rejeitos descartados, criando uma quantidade menor de lixo tóxico e acometendo menos o meio ambiente. Assim, a loja ou varejista, a empresa de produção e o consumidor final, colaboram para uma natureza mais preservada.

Inclusive, possibilita que a organização trabalhe em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que presume mais rigidez nas fiscalizações ligadas ao assunto ecologia nas instituições.

Redução de riscos ao meio ambiente

Este tipo de logística faz com que seja possível o retorno dos resíduos de produtos às empresas de onde se originaram, evitando o acúmulo desses materiais na natureza. Isso ajuda a impedir que rios, solos e florestas sejam poluídos, colaborando para a manutenção do equilíbrio ecológico e da biodiversidade.

Benefícios econômicos

As organizações que fabricam os produtos economizarão bastante na compra de matéria-prima. Dessa forma, devido ao fato de os itens recicláveis serem selecionados e retornarem para a produção, chega de 60% a 80% a economia das empresas que utilizam a logística reversa. Ademais, investir em sustentabilidade garante uma melhor visão das corporações diante da sociedade.

Por fim, agora que você já sabe o que é logística reversa, deve ter notado que ela é uma ótima alternativa para otimizar o retorno dos produtos no pós-venda e no pós-consumo e também a rotina de distribuição dos seus produtos, aproveitando muito melhor a sua frota.

É importante ressaltar que, para aplicá-la em empresas de frotas, é primordial criar um planejamento, desenvolver campanhas de conscientização; escolher o formato ideal, entre outras ações.

Conseguiu entender o que é logística reversa e como aplicá-la em sua empresa? Então, aproveite para ler nosso artigo e entenda como criar um plano de logística!

Posts relacionados

Deixe um comentário