Direção econômica: veja como pode influenciar nos custos!

Como a direção econômica influencia na redução de custos da frota?

4 minutos para ler

Você já ouviu falar em direção econômica? Como o nome já diz, é um modo de condução de um veículo muito benéfico para uma empresa. Ela nada mais é que o uso consciente de técnicas utilizadas ao volante para economizar combustível. Normalmente, essas condutas utilizam as próprias leis da física e têm ligação direta com as condições em que se encontra o motor. 

O fato é que quando se conhece os preceitos da direção econômica, o funcionário ajudará a minimizar os gastos da empresa de transportes. Com isso, também auxiliará no cumprimento de seus principais objetivos.

Mas você sabe de que forma a direção econômica pode influenciar diretamente na redução de custos da frota? Neste post, mostraremos como isso é possível. Confira!

Ajuda a reduzir gastos com combustível

Semelhante à direção econômica, podemos encontrar o monitoramento de custos com combustível. Ele é uma aptidão da gestão de frotas da organização e consegue unir várias ações. Uma delas é a consulta de informações a respeito da direção em sistemas de telemetria, como o carro conectado — que possui conectividade com a internet.

Esse tipo de instrumento possibilita um panorama completo do perfil de direção do condutor do veículo — como ele acelera e freia, por exemplo. Inclusive, com o sistema, fica fácil ter acesso ao histórico de rotas que foram utilizadas e dos trajetos feitos, tudo em tempo real.

Caso o motorista fique preso em um congestionamento, utilizar a direção econômica também é se atentar a tudo o que ocorre ao redor. Afinal, torna-se preciso evitar paradas constantes, além de realizar a frenagem repentina. Dessa forma, auxiliará na otimização do uso do combustível.

Ajuda a identificar e resolver problemas mais rapidamente

Quando o condutor sabe bem como funciona o veículo que está dirigindo e conhece as diretrizes da direção econômica, fica muito mais fácil identificar e solucionar gargalos de forma mais rápida e eficiente. É importante ressaltar que é responsabilidade do gestor de frotas viabilizar esse tipo de conscientização para seus motoristas.

Os condutores, por meio de treinamentos, palestras e cursos de reciclagem disponibilizados pela organização, conseguem aprender a respeito do funcionamento do motor e também sobre como economizar. Dessa forma, excluirão alguns hábitos antigos de direção e terão uma visão melhor do que pode estar acontecendo com o veículo, caso apresente algum problema.

Os motoristas saberão como fazer adaptações ou alterações no modo de conduzir para realizar a direção econômica. Inclusive, também conseguem conhecer melhor sobre o funcionamento do veículo, e ainda conseguirão conduzi-lo com mais confiança e consciência.

Auxilia na avaliação das condições de rodagem e do motor

Uma das práticas de direção econômica que ajudam na economia de combustível é conduzir o veículo com o conta-giros na faixa de rpm (rotações por minuto) adequada. Seu funcionamento é da seguinte forma: a marcha lenta está na primeira parte do conta-giros; já na parte final, está a zona vermelha — que, para não danificar o motor, deve ser evitada.

Sendo assim, a metade do sinalizador de conta-giros é a faixa mais econômica — normalmente, fica entre 1.000 e 1.500 rpms. Porém, há alguns veículos em que a faixa ideal para economizar combustível estará sinalizada no conta-giros do painel pela cor verde. Lembre-se de que é possível aprender isso aplicando-se a direção econômica.

Agora, você sabe como adotar o conceito de direção econômica em sua empresa de transportes e pode ensinar as melhores práticas para os motoristas da frota. Ao obter todas as informações que ela proporciona, é possível delinear novas estratégias de políticas de recompensa para motoristas atentos e outras sobre a condução correta dos veículos​.

Curtiu o nosso post? Deseja saber mais sobre o assunto? Então, aproveite para ler também o que fazer para otimizar a gestão de custos da empresa e otimize os seus resultados!

Posts relacionados

Deixe um comentário