Gestão

Como saber se o combustível é de boa qualidade? Descubra aqui!

como saber se o combustível é de boa qualidade
Movisat
Escrito por Movisat

Para garantir que as suas entregas sejam realizadas com agilidade, você deve contar com caminhões bem conservados e habilitados a rodar nas estradas do nosso país. Contudo, de nada adianta manter os veículos em bom estado se o combustível utilizado não é confiável.

Como saber se o combustível é de boa qualidade? Para esclarecer essa dúvida, preparamos um artigo especial com o que você deve considerar na hora do abastecimento. Acompanhe a leitura!

Observe os indicadores

Por mais bem gerida que seja a sua frota, nem todos os motoristas conseguirão registrar os quilômetros rodados e mapear a quantidade combustível utilizada. Dessa forma, é importante buscar uma solução digital que centralize essas informações, facilitando a checagem e o controle de despesas.

Com uma ferramenta do tipo, os gestores conseguirão verificar se os indicadores apontam um crescimento exagerado no consumo de combustível. Caso isso aconteça com frequência, pode ser um indício de que o material não tem procedência realmente confiável.

Fique atento aos preços

Uma das fraudes mais recorrentes relacionadas ao abastecimento ocorre quando os postos oferecem preços baixos demais em comparação aos outros estabelecimentos. Propagandas muito extravagantes, espalhadas pela cidade e no local, são outro indicativo de material suspeito.

Isso porque as bandeiras mais respeitadas costumam manter uma linha de atuação para seus serviços, equilibrando os preços em todo o território nacional. Assim, evite postos que apresentam propostas irreais, já que o combustível adulterado danifica o próprio veículo e compromete suas entregas.

Verifique a procedência e os postos

Todo posto de gasolina deve informar ao cliente a origem dos seus produtos, de forma transparente e direta. No caso daqueles estabelecimentos de bandeira branca, por exemplo, cada bomba deve indicar a distribuidora.

Uma dica valiosa é garantir que o selo do INMETRO esteja presente nas bombas. Além disso, os testes de proveta são importantes para medir os percentuais de álcool e gasolina. Ele pode ser realizado na própria empresa, utilizando uma amostra retirada do tanque do veículo.

Contudo, é possível orientar os motoristas da sua frota a realizar o teste na hora. Todo frentista é habilitado a conduzi-lo e atender o consumidor. Caso o profissional se recuse a fazer, retire aquele posto da sua lista de estabelecimentos confiáveis.

Solicite o teste de vazão

Aqui, temos outro teste importante para garantir a utilização de combustível de alto nível. Caso você desconfie da diferença relacionada ao valor pago e o que foi realmente para o tanque, é uma ótima ideia pedir aos seus motoristas que solicitem o teste da bomba no local.

Essa prática é conhecida como teste de vazão. Ele envolve o uso de uma medida padrão estimada em 20 litros, indicada diretamente pelo INMETRO. Assim, a diferença máxima permitida é a de 100 ml para mais ou para menos. Caso o motorista verifique um valor maior, você pode contatar a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e denunciar a fraude.

Saber se o combustível é de boa qualidade, como vimos no artigo, envolve diversos fatores como o acompanhamento dos preços, o cuidado com os testes e até mesmo o acompanhamento de indicadores por meio de sistemas de gestão.

E aí, curtiu o conteúdo e quer ler mais? Então, assine a nossa newsletter e visualize os nossos textos em primeira mão!

Sobre o autor

Movisat

Movisat

Somos uma empresa de Rastreamento Veicular, especializada em Gestão de Frotas e Equipes. Nosso sistema auxilia na automatização de rotinas e processos, otimizando tomadas de decisões dos gestores através de dados precisos sem erro humano.

Deixar comentário.

Share This