O que é gestão de frota e qual sua importância? Veja!

3 minutos para ler

Ter pleno controle sobre o que acontece na frota de veículos pode ser um desafio e tanto, concorda? Afinal, é necessário saber quais são os gastos de cada carro, quais deles precisam de manutenção, quais são os motoristas que dirigem em alta velocidade ou que tomam mais multas, entre outras coisas. E, claro, isso vale tanto para empresas grandes quanto pequenas.

A melhor forma de organizar tudo isso — e conseguir manter essa administração — é desenvolvendo uma gestão de frota. Com ela, será possível evitar desperdício de recursos, diminuir custos, aumentar a produtividade e, até, melhorar a qualidade de vida dos colaboradores.

Continue conosco e entenda melhor esse conceito, quais são os seus benefícios e como implantá-lo em sua empresa!

O que é gestão de frota?

É a administração e organização de tudo que envolve os veículos de uma empresa, independentemente se ela é do ramo de transporte. O gerenciamento é feito a partir da centralização dos dados, ou seja, une o quanto é gasto com combustível, quantidade de veículos, quilometragem, data de manutenção, quantidade de motoristas, validade de CNH, etc.

Essa junção de informações será usada para criação de estratégias, com o objetivo de redução de gastos, melhor aproveitamento dos veículos e melhoria de resultados, por exemplo. Para comandar esse setor, é importante encontrar um gestor de frotas eficiente, capaz de cuidar tanto de questões técnicas quanto das pessoas que compõem o time.

Quais são os benefícios e desafios?

A gestão de frota é imprescindível para a organização do setor na empresa. Afinal, ela será responsável por identificar e solucionar problemas, reduzindo custos e melhorando os resultados. Entre todos os benefícios, vale a pena destacar:

  1. economia de combustível;
  2. economia na troca de peças e manutenção dos veículos;
  3. economia com equipamentos de segurança;
  4. maior rapidez na tomada de decisão;
  5. automatização dos processos;
  6. segurança dos dados;
  7. manutenção dentro prazo.

Mas, para alcançar esses benefícios, a gestão terá que superar alguns desafios, como o mau uso dos veículos, desperdício de combustível e uso pessoal dos automóveis. Além disso, a equipe e o gestor devem estar atentos às novas tecnologias para implantá-las sempre que for necessário.

Como implantar uma gestão de frota eficiente?

O passo mais importante é fazer um inventário com tudo que diz respeito à frota. Isso inclui tipo de automóvel, quilometragem rodada, gasto de gasolina e salário dos motoristas e da equipe da gestão. Softwares especializados em armazenamento e análise de dados e aplicativos para gerenciamento facilitam muito esse processo. 

Feito isso, é importante planejar a previsão de gastos, levantar quanto será gasto com combustível, com salários, com manutenção, por exemplo. Planeje também as revisões preventivas nos automóveis, faça o monitoramento das rotas e avalie os motoristas. Além disso, estabeleça metas de curto, médio e longo prazo. 

Ter uma gestão de frota eficiente não é uma tarefa muito fácil, mas os benefícios compensam qualquer desafio. E, claro, não podemos esquecer que uma gestão bem-feita é fundamental para o crescimento da empresa e para evitar o desperdício de recursos. 

Agora que chegou até aqui, aproveite e deixe o seu comentário! Queremos saber o que achou do conteúdo!

Posts relacionados

Deixe um comentário