Gestão

3 estratégias para a redução de custos em logística na sua empresa

Redução de custos em logística
Movisat
Escrito por Movisat

A alteração demográfica tem causado inchaço nas cidades. Com isso, fica mais difícil transitar com os veículos e conseguir locais para estacionar. Assim, a velocidade operacional é muito menor, impactando os custos para a empresa. Baseado em dados de alguns clientes do ramo de entregas e transportes da Movisat, foi constatado que há alguns anos faziam em média 30 entregas por dia, hoje fazem 10 com o mesmo número de veículos e funcionários.

Entregar menos, portanto, aumenta o custo operacional. Assim, quanto maior sua concorrência, mais gastos você terá, e o caixa da empresa fica prejudicado.

Como a infraestrutura de transporte no Brasil é muito insatisfatória, as estratégias de redução de custos acabam prejudicadas. Mas existem soluções para isso. Confira!

Conheça alternativas de redução de custos de logística

O primeiro passo para que o transporte seja mais barato é o planejamento. Aqui estão algumas formas de diminuir os gastos, consumo e tarifas:

1. Investimento em automação de processos

A automação de processos beneficia a integridade do sistema empresarial, pois faz com que os usuários executem as atividades da forma correta, no tempo esperado e da forma planejada.

A programação de entrega evita desvios de programação, limitando o usuário a fazer as atividades definidas pelo gestor. Automatizar o sistema reduz a possibilidade de erros manuais e melhora o controle das atividades. 

Ampliar um processo requer análises robustas, feitas por meio de banco de dados oferecidos por esses sistemas.

A confiabilidade das informações também pode ser citada como benefício de automação de processos, por centralizar as informações em uma base única, que centralize todas as atividades.

2. Manutenção da frota

A administração da frota é uma atividade primordial nas empresas de transporte. Uma boa gestão de frota otimiza os custos de funcionamento, maximizando o número de atendimentos e a satisfação dos clientes, ao receber seus produtos no prazo.

Os administradores de manutenção de frota podem ser divididos em três grupos:

  • OPERACIONAL: aquele que está sempre solucionando problemas de urgência. Ele trabalha com dados de diferentes fontes, sem integração, e não consegue trazer soluções efetivas, mas somente temporárias;
  • ANALÍTICO: ele dá início à integração das plataformas, gera um ganho de produtividade, começa a gestão por indicadores e passa a direcionar a frota para o centro estratégico do negócio;
  • TRANSFORMADOR: é inovador, encara desafios, impacta vidas e se torna- uma agente de mudança para o mundo.

Cada um desses perfis profissionais, com seus respectivos sistemas organizacionais, é responsável pela saúde financeira da empresa. Suas ações se refletem diretamente na escolha das melhores rotas, reduzindo multas, gastos com combustível, hora extras e sinistros.

3. Diminuição de custos logísticos

O transporte de cargas é essencial para o crescimento da empresa, mas a grande questão para quem trabalha com logística é conseguir reduzir os custos sem perder a qualidade.

A seguir, destacamos algumas das soluções que podem simplificar e organizar a rotina de quem atua diretamente com acompanhamento de transportes. São elas:

  • negociar tabelas de preços com as transportadoras, caso terceirize esse setor;
  • planejar e otimizar de modo satisfatório os embarques, aproveitando melhor os envios;
  • buscar transportadoras que possam reintegrar o sistema para reduzir o retrabalho na operação;
  • implementar ferramentas para ter melhor visibilidade da operação e otimização dos processos.

Avalie outros itens importantes para redução de gastos

Para manter uma empresa forte em todos os momentos, é necessário sempre se planejar e reduzir gastos sem perder a qualidade. Vamos listar mais itens que pode ajudar a conter os custos.

  • Hora extra: redistribua as tarefas, capacite os funcionários e reduza tarefas burocráticas;
  • Consumo de combustível: calibre sempre os pneus, dias de temperaturas amenas não use o ar-condicionado, troque o filtro e utilize gasolina aditivada;
  • Multas: siga o artigo 462, § 1 da CLT, estabelecendo em contrato que, em caso de imprudência, o motorista arcará com os custos, com respaldo da lei;
  • Sinistros: ofereça plano de saúde e exames periódicos. 

As empresas devem se atualizar com a tecnologia disponível no mercado, melhorando seu nível de organização e eliminando gastos adicionais, pois os sistemas automatizados solucionam todos esses problemas, garantindo a redução de custos. 

Gostou do post? Participe da conversa: deixe um comentário sobre o assunto!  

Sobre o autor

Movisat

Movisat

Somos uma empresa de Rastreamento Veicular, especializada em Gestão de Frotas e Equipes. Nosso sistema auxilia na automatização de rotinas e processos, otimizando tomadas de decisões dos gestores através de dados precisos sem erro humano.

Deixar comentário.

Share This