Gestão de sinistro: descubra como fazer de forma eficiente

Gestão de sinistro: descubra como fazer de forma eficiente

4 minutos para ler

Dados da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC) mostram que, em 2019, o Brasil teve mais 18.300 roubos de mercadorias. Mesmo com uma queda de 17% em relação a 2018, os prejuízos para o setor são altos.

Para lidar melhor com esse problema, assim como com os acidentes, é essencial fazer uma gestão de sinistro eficiente. Ela é tão relevante quanto o gerenciamento de risco para as empresas que prestam serviços de transportes, pois se torna uma vitrine dos seus negócios para que tome as melhores decisões.

Imprevistos acontecem, e você deve zelar pelo seu patrimônio. Por isso, continue a leitura deste post e saiba mais sobre a gestão de sinistro!

O que é a gestão de sinistro e como torná-la assertiva e eficiente?

A gestão de sinistro visa reduzir os gastos operacionais quando ocorre um roubo, uma batida ou qualquer outra ocorrência. Além disso, ela oferece apoio à empresa para que esses incidentes sejam minimizados, protegendo o negócio. Ou seja, é um gerenciamento de risco para evitar maiores problemas.

Para realizar uma boa gestão de sinistro, é preciso fazer mudanças em diversos processos da empresa de transportes, bem como contar com uma equipe qualificada nesse departamento. É ela que vai oferecer agilidade no atendimento, organizando e integrando diferentes dados, além de planejar as respostas para os eventos, mobilizar os responsáveis e estreitar o relacionamento com os seus clientes.

Quais ações podem ajudar em uma gestão de sinistro?

Ninguém deseja passar por um momento de roubo de carga, por exemplo. Mas é preciso estar preparado para enfrentar esse tipo de problema e saber como agir.

Faça um planejamento prévio

Realize um planejamento que evite ou solucione essas ocorrências e determine ações que possam reduzir os seus gastos. Dessa maneira, considere o faturamento médio de cada cliente, o ticket médio dos fretes, o custo dos combustíveis e a média de quilômetros rodados.  Acrescente, também, as revisões e demais manutenções que influenciam na atuação da empresa.

Aproveite para criar planos de ação para curto, médio e longo prazo, garantindo o sucesso das operações e se prevenindo de incidentes que possam surgir. Por exemplo, verifique a rota que o caminhão fará, avaliando os índices de roubos daquele trajeto.

Enumere os fatores de risco

Após ter uma visão geral por meio do planejamento, é fundamental especificar os tipos de sinistros comuns e incomuns aos quais a empresa está sujeita. Isso diminuirá desvios, furtos, roubos, atrasos e falhas nas entregas.

Na verdade, é essencial relacionar o tamanho da frota, quais rotas costumam ser feitas e os tipos de cargas que são entregues, assim como as condições das estradas e sua periculosidade, e se a manutenção preventiva está em dia, dentre outros.

Treine os motoristas

Invista na capacitação dos seus colaboradores e motoristas para que eles atuem dentro das boas práticas, de modo a otimizar a operação. Com isso, exija que os condutores façam checklists dos veículos, apontando reparos a serem feitos. Desse modo, você protegerá seu patrimônio e a integridade das mercadorias.

Nos cursos mostre as tecnologias oferecidas nos caminhões, para que possam atingir uma boa performance e bons resultados. Além disso, incentive que todos ajam corretamente perante os veículos e demais máquinas, para que o capital humano seja protegido. Outra dica é formar colaboradores ou criar uma central de dúvidas para esclarecer as dúvidas dos profissionais quando necessário.

Automatize os processos

Com o avanço da tecnologia, é possível desenvolver estratégias para obter precisão e organização na execução das tarefas diárias. Ao automatizar os processos, pode-se encontrar os pontos fracos e fortes do seu negócio, visando maior eficiência e menos falhas.

Dentre os benefícios das ferramentas, estão o monitoramento em tempo real para o gestor identificar algo de errado e agir rapidamente, assim como o sistema de rastreamento, gestão de frotas, telemetria e outros.

Para obter uma gestão de sinistro condizente com as suas necessidades, conte com uma parceria especializada — como a Movisat, que atua dentro desse contexto e pode auxiliá-lo sempre que precisar. Portanto, avalie bem as opções no mercado e escolha a melhor.

Ficou interesse em saber mais? Entre em contato com nossa empresa, para que possamos dar todas as orientações.

Posts relacionados

Deixe um comentário